Ex-coordenador da Adires fala sobre nomeação de membros da associação para Superintendentes Regionais da Educação.

O Informativo conversa com o ex-coordenador-geral da ADIRES e atual diretor de relações institucionais – (Fred), Gestor da EEEFM Saturnino Rangel Mauro. Fred, você foi o primeiro Coordenador-Geral da ADIRES. Como avalia dentre de um contexto histórico a nomeação de membros da Associação para Superintendentes Regionais de Educação? Desde que fundamos a ADIRES, há quase 7 anos, temos como bandeira auxiliar a SEDU e demais órgãos que atuam na formulação e execução de políticas públicas para a educação.

Nossa relação sempre foi de parceria. Por certo muito não entenderam assim e lá atrás viram com desconfiança a organização do segmento dos gestores escolares. Assim, sabemos que muitas portas não eram abertas para a associação, sem falar que alguns dificultavam nossa entrada em alguns espaços. O tempo passou, vários atores da educação estadual, principalmente nessa gestão, compreenderam a importância do diretor escolar, como alguém que faz a ponte entre a comunidade e a Secretaria de Educação; a importância de ter na direção das SRE’S alguém que vem do chão da fábrica, que possa trazer a experiencia da escola. Nisso, é nítido que a escolha de gestores escolares bem avaliados para o cargo de Superintendentes é um processo natural, como se deu com os associados e membros da ADIRES Angela, Gison, Carolina, Rurdiney, Héverton, e recentemente Diassis.

São profissionais que trazem consigo características necessárias para o cargo, tais como capacidade de gestão, sensibilidade, escuta ativa e implementação de gestão democrática. O que isso significa para a ADIRES? Significa que agora temos na gestão superior da educação pública estadual profissionais que podem levar os apontamentos do segmento de diretores escolares, as demandas, contribuir na formulação de políticas públicas. É o reconhecimento de nosso trabalho enquanto associação. Qual sua mensagem para esses profissionais? Nunca se esqueça do cotidiano de nossas escolas, a rede existe para os alunos, temos o papel de efetivar o acesso à educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *